domingo, 30 de novembro de 2008

São Paulo 1 x 1 Fluminense. A meta agora é a Sul Americana.

.
Com a suspensão do Fabinho, bem que René poderia tentar essa dupla no meio campo, recuando o Arouca para jogar ao lado do Romeu.
.

Durante toda a semana a mídia paulistana e a carioca despeitada deitou loas à equipe do São Paulo, dando como favas contadas a conquista do título. A vitória era certa e a festa do título deveria ser do arromba. A "ameaça" maior, o Morumbi lotado (!) Ameaça pra quem, cara pálida?
.
Até a torcida são-paulina entrou na pilha, chegando mesmo a falar em goleada. O André Dias também deitou falação e numa entrevista disse que o jogo poderia ser nervoso, mas que se o São Paulo fizesse logo um ou dois gols a tranqüilidade prevaleceria.
.
Em suma, estavam se julgando o máximo. Esqueceram que o Fluminense já os tinha eliminado na Libertadores, vencido no primeiro turno e permanecido invicto no campeonato passado, vencendo inclusive a partida disputada no Morumbi.
.
Realmente no passado a coisa andou catastrófica. O Fluminense perdeu a maioria das partidas. Agora os bons fluidos estão pendendo para o nosso lado e o São Paulo não nos mete mais medo. Se não fosse o descuido do Heber ignorando o pênalti claro no Washington, o campeonato poderia ter ido para o brejo.
.
Mas reclamar do quê? Não é privilégio do Heber ignorar a marcação de lances capitais contra o São Paulo. Recente levantamento sobre erros de arbitragens nesse campeonato, publicado no site globo.com e abordado nesse blog no comentário de 11 de novembro mostram ser o São Paulo o clube mais beneficiado e o Fluminense o mais prejudicado. "Mera coincidência".
.
E como disse o Luiz Alberto, quem tem boca fala o que quer e o jovem Tartá, depois de driblar e deixar o "fabuloso" zagueiro paulista no chão, tocou fácil para as redes de Rogério.
.
Se não fossem os erros de planejamento e as omissões da diretoria, certamente o Fluminense poderia estar disputando o título, como disse René Simões, porque o elenco é melhor ou pelo menos está no mesmo nível que Grêmio, Cruzeiro e Flamengo. Torçamos, galera, para que o planejamento para 2009 seja bem feito.
.
Quanto à partida em si, começou como uma autêntica final. Depois de marcar cinco vezes contra o São Paulo nesse ano, Washington por pouco não abriu o placar aos 33 segundos, após rebote de Rogério num chute de Arouca. Esse é um gol que não se pode perder.
.
O susto despertou o São Paulo e Borges desperdiçou duas chances de gol. A primeira, aos nove minutos, dominou e mandou no lado de fora da rede. Pouco depois de frente para o gol, ele bateu e Fernando Henrique praticou excelente defesa.
.
Aos poucos, o Fluminense equilibrou o jogo e por pouco Luiz Alberto não abre o placar, acertando a trave num passe de Conca.
.
Após o intervalo, o Fluminense voltou com Tartá no lugar de Maicon. E logo em seu primeiro lance, depois de receber de Wellington, colocou Washington na cara do gol, que chutou em cima de Rogério. No rebote, Tartá deixou Miranda esparramado no chão e tocou para as redes.
.
O empate veio logo depois numa jogada fortuita. Após bola alçada na área por Jorge Wagner, André Dias dividiu de cabeça e a bola sobrou para Borges, com um chute meio esquisito, marcar. Chute defensável, mas Fernando Henrique preferiu apostar no seu mau golpe de vista e apenas acompanhou a bola entrar.
.
O jogo transcorreu equilibrado até o fim com chances para ambas as equipes. André Dias ainda acertou a trave tricolor e Rodrigo atropelou claramente Washington dentro da área, pênalti claro ignorado pelo juiz.
.
O jogo terminou e a festa foi adiada. Em cima do Flu, essa não, saí pra lá São Paulo.
.
Uma vitória simples contra o Ipatinga garante a participação na Sul-Americana. Vamos lá Galera, torcer pelo Fluzão e prestar as devidas homenagens ao Thiago Silva em sua última partida até a sua volta!

3 comentários:

Anônimo disse...

Grande Helio

Antes de qualquer coisa, minhas mais cordiais saudações tricolores. Rapá, esse time quase leva meu coração junto, andei passando uns momentos de insônia, desilusão, como se tivesse sido deixado por um alguma noiva hipotética sozinho em frente ao altar. Mermão como eu sofri, e vamos deixar claro que apesar do jogo ( que estarei lá ) contra o Ipatinga sinto que podemos ir mais longe. Agora gostaria de pedir sua opinião sincera: será que aquele papo de um tricolor chamado de Igor,no blog do Garcez, sobre investidores, é verdade? Seria aquele natal, e ano novo repleto de esperanças, como se diz sempre quando essas datas estão a caminho. Vamos torcer para que seja verdade, e que daqui em diante, com o auxílio de Deus e aquela força de São Jorge, possamos ter dias melhores, e que esse fantasma( rebaixamento) nunca mais apareça em nosso destino.

Minha mais sinceras saudações tricolores

L.G.

Pedro disse...

Estou em Porto Alegre e todos os gremistas por aqui estão gratos ao Fluminense "por ter dado mais emoção ao campeonato", apos o empate no Morumbi.

Embora a taca ja estaja nas mãos do São Paulo, o agradecimento é justo, pois sao poucas as equipes do Brasil que conseguem jogar de igual para igual com o poderoso Sao Paulo em um Morumbi lotado.

Depois da bela vitoria no 1 turno do mesmo SP, além da Libertadores, fica cada vez mais claro qe o Flu realmente poderia ter ido muito mais longe neste Brasileiro.

Mas,enfim... sem lamentações.... 2008 esta acabando.

Vamos garantir a vaga da Sul Americana no proximo domingo! Saudações Tricolores!!!

Vinylmaniac disse...

Queria responder ao nobre L.G quanto à especulação do tal Igor no blog do Flu. Coloque a palavra Roberto Filon (o tal empresário) no Google e voce verá que esta notícia se espalha na rede desde 2005. Muda-se apenas os nomes dos presidentes, diretores, etc. Pura maldade! Mas não para cima de nós, não vamos nos alegrar. Não duvido que eles postem no blog do Vasco e aí também será uma p*** maldade! Saudações tricolores!