segunda-feira, 11 de junho de 2018

À ESPERA DE DIAS MELHORES OU..... DE UM MILAGRE!

Se o Fluzão continuar pontuando na mesma percentagem que até agora, alcançará ao final do campeonato o ridículo total de 48 pontos.

Talvez seja suficiente para não ser rebaixado, mas nem isso está garantido sob a direção nefasta do Abad.

Então torcedores tricolores, como sempre sobra para nós.

Nas oito rodadas restantes do 1º turno, o Fluminense fará 4 jogos em casa e mais o clássico com o Vasco.

Temos que incentivar nosso time para conseguir pelo menos doze pontos nessas partidas e torcer de longe para que o time não perca pontos bobos para Ceará, Sport e América Mineiro.

A missão será árdua com esse presidente incompetente querendo vender os poucos jogadores diferenciados que ainda temos.

Para que isso não acontece só nos resta esperar. Quem sabe não aparece algum conselheiro com neurônios renovados para mostrar ao Abad como se dirige um clube de futebol?

E como não há nenhuma notícia boa para vocês e nenhum fato agradável para compartilhar, só resta postar o vídeo da Torcida Mais Linda do Brasil.

Saudações Tricolores.


quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Fluminense 2 x 1 Atlético-MG. Prenúncio da volta das jornadas épicas!


(foto: Nelson Perez / Fluminense FC)

Noite quase mágica.

O predomínio tricolor na etapa inicial foi tanto que se tivesse vencido por dois ou três de diferença não seria nada anormal.

Aliás, isso só não aconteceu graças às quatro defesas soberbas do Victor, sem dúvida o melhor dos adversários.

A defesa falhou menos e enfim conseguimos um grande resultado no Maracanã.

Trinta pontos, mesma pontuação da turma do G6, Dourado artilheiro absoluto e enfim a melhora de Scarpa.

Uma grata surpresa, num momento triste em que nossos dirigentes partem para a Europa, com pires na mão, como se mascates fossem, para entregar de bandeja nossa maior revelação dos últimos anos. E como de praxe: a preços vis.

Paciência. Esperar o que de uma administração que não consegue um patrocínio sequer?

Inaceitável o valor divulgado pela mídia. Ou será que o Douglas vendido há pouco pelo Vasco é melhor jogador?  

É por essas e outras que o Vale das Laranjeiras não me encanta, afinal revela craques apenas para brilharem em outras plagas.

E os torcedores continuam votando nessa gente despreparada.

Mas, deixemos as lamúrias de lado porque o que interessa mesmo é comemorar a bela atuação.

Mantendo o espírito e com o reforço do Sornoza as chances de ficar entre os primeiros aumentam, além da possibilidade de título da Sul Americana.  

É torcer para que parem as contusões e que num futuro não muito distante tenhamos um presidente da estirpe de um Francisco Horta ou Manuel Schwartz.

Quem sabe João de Deus não envia inspiração?


E DÁ-LHE FLUZÃO!


DETALHES:

CAMPEONATO BASILEIRO – 21ª RODADA

Fluminense 2 x 1 Atlético-MG

Local: Estádio Marioo Filho, Maracanã, Rio de Jneiro, RJ; Data: 21/08/2017
Árbitro: Vinicius Gonçalves Araújo Dias (SP)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Gols: Henrique Dourado, aos 37' do primeiro tempo; Valdívia, aos 11' e Henrique Dourado, aos 42' do segundo
Cartão amarelo: Wendel

Fluminense: Júlio César; Lucas (Matheus Alessandro, 27'/2ºT),Renato Chaves, Henrique e Léo; Marlon Freitas (Marcos Junior, 28'/2ºT), Orejuela, Wendel e  Scarpa; Welllington Silva (Peu, 41'/2ºT) e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Bremer e Fábio Santos; Yago, Roger Bernardo (Valdívia, intervalo), Elias, Cazares (Robinho, 41'/2ºT); Luan e Rafael Moura (Fred, 25'/2ºT). Técnico: Rogério Micale.

(foto: Lucas Merçon / Fluminense FC)


terça-feira, 15 de agosto de 2017

De empate em empate o Fluminense vê o G-4 mais distante!



Quando a defesa não toma gol, o ataque também não faz e a situação fica cada vez pior.

Declarações do tipo “poderíamos ter vencido” não satisfazem mais.

A realidade é que o time sente falta do seu maestro, contundido logo na primeira rodada.

Sem Sornoza, a identidade foi perdida e o meio de campo, que vinha sendo o toque de classe, parou de criar e tornou-se de uma mediocridade irritante.

A esperança de que Scarpa pudesse manter o padrão não se confirmou e acabou não passando de um sonho.

Abel tem tentado de todos os modos recuperar o bom futebol da equipe, mas a insistência em manter a titularidade absoluta do Scarpa, independentemente do que ele faça em campo parece ser a causa principal de tantos desalentos.

Contra o Santos mostrou a mesma nulidade apresentada contra a Ponte Preta.

Errou tudo que tentou: três chutes para a arquibancada, nenhum passe certo, todas as divididas perdidas para os adversários, além de demonstrar nitidamente falta de força e velocidade.
Correndo sempre atrás.


A meu ver, o sinal de alerta já deveria estar aceso desde o gol inacreditável perdido contra o Cruzeiro.

Não é mais garoto, então a tentativa de arremesso com a perna esquerda num lance em que a bola estava à feição para ser chutada com a direita só serviu para demonstrar sua falta de flexibilidade.

Precisa de um descanso. Parece estar esgotado e principalmente carente do apoio do Sornoza.

Não será com substituições aos finais dos jogos que suas condições físicas irão melhorar.

A insistência em mantê-lo no time acabará por prejudicar o clube e o próprio atleta.

Scarpa é daqueles jogadores clássicos que têm muita categoria, mas não conseguem ser protagonistas e raramente decidem jogos.

Lembra-me muito o Paulo Henrique Ganso, que jogava na sombra do Neymar e desapareceu quando perdeu o parceiro.

Para o bem do próprio Scarpa um descanso se impõe, caso contrário iremos mais uma vez morrer na praia.

Fama e prestígio não ganham jogos e muito menos campeonatos.

Inexplicavelmente, a maioria dos analistas o consideram o cérebro do time.

Assunto para reflexão.


DETALHES:

CAMPEONATO BRASILEIRO – 20ª RODADA

Santos 0 x 0 Fluminense

Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho, São Paulo, SP; Data: 14/08/2017
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Bruno Raphael Pires (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Marlon Freitas e Henrique Dourado

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Zeca; Alison, Léo Cittadini e Lucas Lima; Vladimir Hernández (Jean Mota, 28'/2ºT), Thiago Ribeiro (Lucas Crispim, 16'/2ºT) e Ricardo Oliveira (Kayke, 16'/2ºT). Técnico: Levir Culpi.

Fluminense: Júlio César; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela, Marlon Freitas, Wendel e Scarpa (Robert, 40'/2ºT); Wellington Silva (Marcos Junior, 36'/2ºT) e Henrique Dourado (Pedro, 42'/2ºT). Técnico: Abel Braga.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

CAMPEONATO BRASILEIRO – 17ª RODADA

Ponte Preta 0 x 0 Fluminense

Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas, SP; Data: 09/08/2017
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Helton Nunes (SC)
Cartão amarelo: Lucas

Ponte Preta: Aranha; Jeferson (Nino Paraíba, 37'/2ºT), Marlon, Luan Peres e Danilo; Naldo, Jadson (Claudinho, 22'/2ºT), Jean Patrick e Léo Artur (Saraiva, 29'/2ºT); Lucca e Emerson. Técnico: Gilson Kleina

Fluminense: Júlio César; Lucas, Renato Chaves, Nogueira e Marlon; Henrique, Orejuela e Wendel; Scarpa (Marcos Júnior, 32'/2ºT), Wellington Silva (Matheus Alessandro, 35'/2ºT) e Henrique Dourado (Peu, 34'/2ºT). Técnico: Abel Braga

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

CAMPEONATO BRASILEIRO – 16ª RODADA

Fluminense 0 x 1 Corinthians

Local: Estádio Mario Filho, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ; Data: 23/07/2017
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Luciano Roggenbaum (PR)
Gol: Balbuena, aos 4' do segundo tempo
Cartões amarelos: Léo e Frazan

Fluminense: Júlio César, Renato (Mateus Norton, 17'/2ºT), Frazan, Henrique e Léo; Orejuela, Marlon Freitas (Matheus Alessandro, 29'/2ºT), Wendel e Scarpa; Richarlison e Henrique Dourado (Peu, 33'/2ºT). Técnico: Abel Braga.


Corinthians: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Rodriguinho (Camacho, 47'/2ºT), Giovanni Augusto (Pedrinho, 35'/2ºT) e Romero (Clayson, 28'/2ºT); Jô. Técnico: Fabio Carille.


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

CAMPEONATO BRASILEIRO – 15ª RODADA

Fluminense 1 x 1 Cruzeiro

Local: Estádio Giulite Coutinho, Mesquita, RJ; Data: 20/07/2017
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Assistentes: Eduardo Cauza (RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS)
Gols: Sassá, aos 35' e Richarlison, aos 41' do primeiro tempo.
Cartões amarelos: Richarlison, Matheus Norton e Marcos Calazans

Fluminense: Júlio Cesar, Lucas (Matheus Norton, 34'/2ºT), Frazan, Henrique e Leo; Orejuela, Marlon Freitas, Wendel e Scarpa; Pedro (Marcos Calazans, 25'/2ºT e Richarlison. Técnico: Abel Braga
Cruzeiro: Fabio, Lucas Romero, Leo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Ariel Cabral (Rafael Marques, 15'/2ºT), Lucas Silva e Thiago Neves; Sassá (Bryan, 28'/2ºT) e Elber (Raniel, 31'/2ºT). Técnico: Mano Menezes



segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Duas jornadas inesquecíveis!




Nem tanto pelos resultados, que poderiam até terem sido melhores e nos colocado no G-6 não fossem as atuações atabalhoadas de nossos defensores.

Aliás, esse é um problema recorrente que nem mesmo um técnico experiente e dedicado como o Abel consegue recuperar.

É muita ruindade reunida num time só. Parece até que a cada jogo fazem uma disputa para ver quem vai ser o pior da vez.

Mas, como enfatizado no início os resultados dessas partidas pouco importam ante a magnitude do gesto de nosso treinador, que no seu pior momento não se furtou a ajudar o nosso Fluminense na árdua caminhada.



Mais do que justas as homenagens não só no Maracanã como também em Recife.

E o verdadeiro minuto de silêncio foi um momento épico proporcionado pelos tricolores.

Força Abel, a legião tricolor estará sempre com você e não se esqueça de que o João Pedro está num lugar melhor do que o nosso. 

(Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC)


DETALHES:

CAMPEONATO BRASILEIRO – 19ª RODADA

Fluminense 3 x 1 Atlético-GO

Local: Estádio Mario Filho, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ; Data: 05/08/2017
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Auxiliares: Bruno Boschilla (PR/Fifa) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Gols: Wendel, aos 14', Paulinho, aos 23' e Wellington Silva, aos 34' do primeiro tempo; Henrique Dourado, aos 12' do segundo
Cartões amarelos: Marlon Freitas

Fluminense: Júlio César; Mateus Norton (Robert, 44'/2ºT), Renato Chaves, Henrique e Marlon; Marlon Freitas, Wendel e Scarpa; Marcos Calazans (Matheus Alessandro, 24'/1ºT), Wellington Silva (Peu, 33'/2ºT) e Henrique Dourado. Técnico. Técnico: Abel Braga

Atlético-GO: Felipe Garcia; André Castro, Gilvan, Roger Carvalho e Bruno Pacheco; Paulinho, Silva ( Jonathan, 17'/2ºT), Andrigo (Diego Rosa, 31'/2ºT) e Niltinho (Luiz Fernando, 14'/2ºT); João Paulo e Walter

-----------------------------------------------------------------------------------------------

CAMPEONATO BRASILEIRO – 18ª RODADA

Sport Recife 2 x 2 Fluminense

Local: Local: Ilha do Retiro, Recife, PE; Data: 02/08/2017
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo
Gols: Scarpa, aos 8', Renato Chaves, aos 12' e André, aos 32' do primeiro tempo; Patrick, aos 3' do segundo
Cartões amarelos:  Renato Chaves, Marlon Freitas, Lucas, Marcos Calazans
Cartão vermelho: Orejuela, (8'/2ºT)

Sport Recife: Magrão; Samuel Xavier, Durval, Ronaldo Alves e Mena; Rithely, Patrick, Everton Felipe (Thomás, 32'/2ºT) e Lenis (Osvaldo, 22'/2ºT); Diego Souza e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Fluminense: Júlio César; Lucas, Henrique, Renato Chaves e Marlon; Marlon Freitas, Orejuela, Wendel (Matheus Norton, 26'/2ºT) e Scarpa; Wellington Silva (Peu, 28'/2ºT) e Henrique Dourado (Marcos Calazans, 26'/2ºT). Técnico: Abel Braga