segunda-feira, 1 de maio de 2017

Fluminense 0 x 1 Flamengo. Resultado reversível. Seremos campeões!



 
Everton faz careta com medo da bolada na cara sem imaginar o presente que iria receber


Tarde para esquecer, o time não se encontrou no primeiro tempo e sem muita inspiração no segundo não conseguiu reverter a vantagem dada ao rival num lance dantesco de nossa combalida zaga.


Difícil precisar a razão, talvez a ansiedade dos mais jovens pela primeira decisão de título no Maracanã.


Até mesmo Orejuela e Sornoza já com certa bagagem internacional pareceram hipnotizados em campo e esqueceram tudo que vinham apresentando até então.


A verdade é que tudo deu errado, da falha bisonha que presenteou o Flamengo com o gol da vitória às substituições equivocadas realizadas pelo Abel.


Mas, apesar de todos esses percalços os rubro-negros conseguiram apenas uma vantagem mínima, facilmente reversível se a equipe jogar como vinha fazendo antes.


E é esse justamente o fato que nos serve de alento para a finalíssima.


Temos uma semana completa para treinar, corrigir os erros, colocar os nervos da molecada nos devidos lugares e deixar o Orejuela de olho no Renato Chaves.


Basta apenas que a equipe reedite as atuações anteriores para a taça venha para as Laranjeiras.


Para cima Fluzão, depenar o urubu e ser campeão!

DETALHES:


CAMPEONATO CARIOCA – FINAL – PRIMEIRO JOGO


Fluminense 0 x 1 Fluminense


Local: Estádio Mario Filho, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ; Data: 30/04/2017

Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo (RJ) e Wagner de Almeida Santos (RJ)
Gol: Everton, aos , 33' do primeiro tempo

Cartões amarelos: Henrique, Léo e Sornoza


Fluminense: Cavalierri, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela, Wendel (Douglas, 27'/2°T) e Sornoza; Wellington Silva (Marcos Junior, 28'/2°T), Henrique Dourado e Richarlison (Pedro, 36'/2°T). Técnico: Abel Braga.

Flamengo: Muralha, Pará, Réver, Raphael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, William Arão e Rômulo (Mancuello, 17'/1°T); Berrío (Matheus Sávio, 41'/2°T), Éverton e Guerrero (Leandro Damião, 33'/2°T). Técnico: Zé Ricardo. 

2 comentários:

Marcio Helio Lopes Dos Reis disse...

Seremos campeões sim,tenho muita confiança nesse time e conquistaremos esse título!

Helio R.L. disse...


É Marcio,

Dessa vez não deu. Gol polêmico do Guerreiro, falha de Cavalieri e substituições equivocadas.

Uma pena, porque não é costume perder decisões para o Flamengo.

Vida que segue, o troco virá em breve.

Saudações Tricolores