sábado, 5 de janeiro de 2008

Show de incompetência!

Bruno, Felipe, Carini, Cañizares, Fábio Costa. Jogo de cena e de trapalhadas. Nossa Diretoria acha que pode contratar pelos jornais. Como o próprio Fábio Costa declarou: “se houvesse negociação com o Fluminense, eu não seria procurado e sim a direção do Santos, com quem tenho contrato até o final de 2008”. (sic). Apesar da zorra em que se transformou o mercado brasileiro depois da malfadada Lei Pelé, negociações com atletas com contrato em vigor têm que ser iniciadas com o clube detentor dos direitos federativos. Mas, como previmos em comentários passados, tudo não passava de jogo para arquibancada. O resultado está aí e é assustador para a torcida tricolor: três goleiros. O mais técnico e experiente, boicotado sistematicamente pelo técnico, o titular do ano passado, provavelmente, com algum problema de visão, pois não consegue sequer segurar uma bola de longe. Ou a espalma espalhafatosamente ou a busca dentro do gol. Do outro, nem vou falar tantas foram as falhas nas oportunidades que teve o ano passado. É isso aí tricolores, estamos mal. Ganhar a Libertadores? Talvez no ano que vem. Nesse, só nos resta torcer e rezar, rezar muito. Tomara que queime a língua. Torcerei muito para que isso aconteça.

2 comentários:

thiago almeida disse...

putz... nem me fale!
haja reza, meu camarada

Anônimo disse...

Tudo jogo pra galera. o q o renato quer mesmo eh manter o frangueiro do fernando henrique. eles tem treta.ou algum empresario dando grana.nenhum boleiro de verdade como o renato não ia ver q o fernando é miope, nao enxerga bola de longe. os treinos na minha terra mostram isso, so quem joga sao fernando henrique e o Berna. Ele não bota odiego pra jogar para nao atrapalhar a marmelada. nao vai adiantar rezar nao. libertadores ja era.