segunda-feira, 12 de março de 2012

Flamengo 2 x 0 Fluminense. Prejuízo menor!

É Souza, que dureza! (foto: Terra.com.br / Dhavid Normando / Photocamera)


Depois de uma vitória épica contra o Boca Juniors, o mínimo que a Torcida Tricolor poderia esperar seria outra apresentação de gala no Fla-Flu.

Não deu. A decisão do Abel de poupar oito atletas que participaram daquela noite mágica transformou o Fluminense num time previsível e sem nenhuma objetividade.

Nem o fato do goleiro Paulo Victor ter sido o destaque rubro-negro não conta muito porque, na verdade, a maioria dos arremates careceu de força e precisão.

Inegável que o foco maior está no confronto com o Zamora, mas o que questiono é a real necessidade de poupar tanta gente. Ao menos Valencia e Digão deveriam ter jogado, como forma de aumentar o entrosamento da formação de defesa que apresentou o melhor desempenho do ano.

Outro ponto que não consigo entender é a insistência na escalação de equipes com três volantes, ainda mais quando conta com um armador completamente fora de forma como o Wagner.

Gostaria que Abel se conscientizasse que três jogadores do elenco necessitam de um período de reciclagem com o objetivo de voltar à forma antiga. Escalar Wagner, Sobis e Edinho, no momento atual, só servirá para prejudicá-los cada vez mais, além de tornar as coisas mais difíceis para o nosso clube.

Tudo bem, no fundo o que interessa é a Libertadores e quanto ao estadual, na pior das hipóteses, já estamos garantidos nas finais.

Com certeza na próxima quarta-feira os que forem ao Engenhão irão se deliciar com mais um show do Tricolor.

E DÁ-LHE FLUZÃO!


DETALHES:

Flamengo 2x0 Fluminense

Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Eduardo Cordeiro Guimarães

Auxiliares: Dilbert Pedrosa Moisés e Luiz Antonio Muniz de Oliveira

Gols: Ronaldinho, de penalti, aos 21’ e Kleberson, aos 24’ do primeiro tempo.

Cartões Amarelos: Carleto, Diguinho e Anderson

Fluminense: Diego Cavalieri; Jean (Lanzini, 20/'2ºT), Leandro Euzébio, Anderson e Carleto; Edinho (Wallace no intervalo), Diguinho, Souza e Wagner; Rafael Sóbis (Samuel no intervalo) e Rafael Moura. Técnico: Abel Braga


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
.
Junior, por que não te calas?
.
Esse blog não poderia deixar de registrar o comportamento inadequado de um ex-tricolor “vira-casaca” que, para evitar curvar-se à exibição de gala do Fluzão, resolveu denegrir a qualidade do Boca Juniors, afirmando que o time de Buenos Aires não era a mesma coisa do passado e que alguns de seus jogadores não teriam condições de disputar nem a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.
.
Lamentável que alguém que escolha a carreira de comentarista deixe-se levar por interesses escusos a ponto de não ter a decência de manter a imparcialidade em seus comentários.
.
Que o Junior reze bastante para que o seu preferido não cruze com o Boca no mata-mata, porque se esse confronto vier a acontecer, pelo que anda jogando a urubuzada, antevejo um massacre argentino.
.
Roberto Sander, em seu post Um, dois, três o Boca é freguês! E a questão rubro-negra”, do qual transcrevo abaixo alguns trechos, aborda com propriedade o assunto.
“... Naquela altura do jogo, ao invés de enaltecer o feito do Flu, ter dito que o Boca tem jogadores que não estariam na Segunda Divisão do futebol brasileiro foi um despautério, algo fora de propósito e dito na hora errada.


...Me causou surpresa também porque, acreditem ou não, o Júnior foi tricolor até pelo menos se firmar como jogador dos profissionais do Flamengo. Como já disse aqui na resposta a um comentário, ele estava inclusive nas arquibancadas do Maracanã na grande final do Carioca de 1973 e vibrou muito, conforme ele mesmo me contou quando trabalhávamos juntos no Sportv, com os gols de Manfrini.
...Ainda mais porque, no início do jogo, encheu a bola do time dizendo que todo mundo era “cascudo, uma equipe forte, experiente, em condições de se impor na Bombonera”.

Em seu texto, Sander elenca também alguns dos motivos do eterno despeito dos flamenguistas em relação ao Fluminense.
.
Leia a íntegra do artigo, publicado no site NETFLU.

6 comentários:

Anônimo disse...

Vocês são complexadas, mitidos a perseguidos e acreditam em tudo quanto é teoria da conspiração.

Tanto a mídia brasileira (que fez um inferno em torno da crise no Flamengo), quanto os comentaristas de futebol, não perdem a oportunidade de descer o cacete no Flamengo. Hoje, apesar da vitória tranquila, não foi diferente.

Vocês têm que ser mimados o tempo todo. Isso é culpa da mal criação, quando subiram vocês para a primeira divisão.

Anônimo disse...

Gostaria muito de saber onde está a mania de perseguição ? O cara mostra o comentário do Júnior antes da partida começar, que "o time do Flu é cascudo pra enfrentar esse tipo de adversário". Aí depois mostra o comentário do Júnior, já com o Fluminense em vantagem, e mostra que o cara mudou de disurso de acordo com o resultado. Ou seja: ele foi contraditório. E isso é nítido. Você pode até discordar, mas tem que fundamentar aquilo que você acha.

A Mídia fazendo inferno no Fla ? A mídia não faz inferno no Fla. O Fla deve mais 1 de ano de salários de direito de imagem p/ Deivid, atrasa salário de R10, perde o principal jogador do time do ano anterior pro rival, por pura incompetência, R10 praticamente manda Luxemburgo embora... quem faz inferno no Fla é o próprio Fla. A mídia não tem o menor interesse em derrubar o Fla, por pura questão mercadológica. Tem mais torcida, jogue uma bomba que vai vender mais. E o Fla dá N motivos.

Nem comento o "subiram vocês". Demonstra que não sabe absolutamente nada do que está falando.

Anônimo disse...

Gostaria muito de saber onde está a mania de perseguição ? O cara mostra o comentário do Júnior antes da partida começar, que "o time do Flu é cascudo pra enfrentar esse tipo de adversário". Aí depois mostra o comentário do Júnior, já com o Fluminense em vantagem, e mostra que o cara mudou de disurso de acordo com o resultado. Ou seja: ele foi contraditório. E isso é nítido. Você pode até discordar, mas tem que fundamentar aquilo que você acha.

A Mídia fazendo inferno no Fla ? A mídia não faz inferno no Fla. O Fla deve mais 1 de ano de salários de direito de imagem p/ Deivid, atrasa salário de R10, perde o principal jogador do time do ano anterior pro rival, por pura incompetência, R10 praticamente manda Luxemburgo embora... quem faz inferno no Fla é o próprio Fla. A mídia não tem o menor interesse em derrubar o Fla, por pura questão mercadológica. Tem mais torcida, jogue uma bomba que vai vender mais. E o Fla dá N motivos.

Nem comento o "subiram vocês". Demonstra que não sabe absolutamente nada do que está falando.

Diogo Ferreira disse...

Olá meu amigo Hélio,

Ontem não deu para o Fluminense. Nós ganhamos com um pouco de sabedoria e sorte. Aproveitamos em ampliamos em 2 a 0 e soubemos administrar.
Vale lembrar, que o Fluminense tava desfalcado e o Flamengo também.

Saudações Rubro Negras!

www.ConfionoMengao.blogspot.com

Se quiser parceria, Blogconfionomengao@yahoo.com.br

Por que a parceria, para que possamos trocar idéias e ''zoar'' um ao outro quando nossos times se enfrentarem, PAZ NO FUTEBOL.

SRN.

Diogo Ferreira disse...

Olá meu amigo Hélio,

Ontem não deu para o Fluminense. Nós ganhamos com um pouco de sabedoria e sorte. Aproveitamos em ampliamos em 2 a 0 e soubemos administrar.
Vale lembrar, que o Fluminense tava desfalcado e o Flamengo também.

Saudações Rubro Negras!

www.ConfionoMengao.blogspot.com

Se quiser parceria, Blogconfionomengao@yahoo.com.br

Por que a parceria, para que possamos trocar idéias e ''zoar'' um ao outro quando nossos times se enfrentarem, PAZ NO FUTEBOL.

SRN.

Helio R.L. disse...

Caro Diogo Ferreira,

Pessoas com o seu espírito é que engrandecem a convivência e não só no futebol.

Vc me lembra a carta de um torcedor do São Paulo após o seu time ter sido eliminado da Libertadores de 2008 e que foi transcrita nesse blog. (dê uma olhada no post de 25/05/2008 sob o título: " A grande diferença entre fidalguia e rivalidade burra".)

Também comungo de uma convivência pacífica, onde vitórias e derrotas servem apenas para a zoação entre as torcidas.

Infelizmente existem pessoas de índole duvidosa e acho que em nosso país elas estão se tornando a maioria e também os despeitados como o Junior e algumas "malas" rubro-negras, que volta e meia aparecem por aqui para falar o que não devem.

Olhei o seu blog e achei muito legal.

Passarei a acompanhá-lo, como acompanho o do Vascão, do amigo Jefferson.

Parceria talvez não seja uma boa, por causa das "malas" indesejáveis.

Mas,esteja à vontade para voltar quando quiser, pois as portas estarão sempre abertas para vc.

Sucessos na Libertadores (menos quando jogar contra o Fluzão, é claro) e Saudações Tricolores.