domingo, 19 de setembro de 2010

Flamengo 3 x 3 Fluminense. Volta Emerson, mesmo de muletas!

O Fluminense não resistiu à série de contusões e após doze rodadas perdeu a liderança para o Corinthians.

Apesar de ter retornado bem à equipe, Diogo não foi capaz de se contrapor às lambanças da defesa, principalmente a de Gum que ocasionou o primeiro gol rubro-negro.
.
O lance foi tão tosco que me troxe à lembrança o desabafo do Abel Braga após um jogo em Volta Redonda pelo campeonato de 2005, quando um zagueiro tricolor Zé Carlos ou Gabriel, não me lembro bem, tentou sair jogando, perdeu a bola e propiciou um gol para o adversário.
.
Na ocasião, Abel foi curto e grosso e falou mais ou menos assim: __"Já disse para jogar o feijão com arroz, não adianta querer colocar tempero se não sabe".
.
Muricy bem que poderia exigir que a nossa zaga jogasse somente o feijão com arroz. No caso do Gum, seria até melhor jogar o feijão puro, nada de sair jogando ou tentar dar um passe mais elaborado, é só chutar para onde o nariz está apontando.
.
Espero que o treinador tricolor volte a dar uma chance ao Cássio ou até mesmo ao recém contratado Thiago Sales, porque com o Gum na forma que está vai ser difícil segurar resultados. Ora são falhas grotescas, como a de hoje, ora faltas desnecessárias nas imediações da área. Uma ou duas semanas de descanso para ele seria benéfico para todos.

Fred, Emerson, Deco, Diguinho e Digão realmente fazem muita falta porque a distância deles para seus substitutos é abissal.

O time tricolor ainda vinha mantendo a regularidade mesmo com a ausência do Fred, que desde a sua chegada mais tem frequentado o departamento médico do que os estádios, mas sucumbiu à ausência do Emerson, pois sem os dois titulares a linha atacante não consegue reter a bola no campo adversário. E na base do chutão, um dia a vaca teria que ir para o brejo.

Apesar de só ter somado seis pontos nos sete últimos jogos disputados, quando teve mais derrotas que em todo o primeiro turno, só agora o Fluminense foi ultrapassado pelo Corinthians, o que mostra que o adversário agora a ser batido não é tão forte assim.

Não fosse a trapalhada bizarra do Gum e o gol claríssimo perdido pelo Fernando Bob quando o placar já era de 3 a 3 e o Fluminense certamente teria vencido.

Paciência, Fla-Flu é assim mesmo, é sempre jogo duro ainda que um deles esteja em má fase.
Só espero que os urubus também “comam a grama”, contra os demais adversários.

E quem sabe, se com a recente reformulação, o departamento médico tricolor passe a mostrar mais competência na recuperação dos atletas?

Ainda confio, mas teremos que vencer os próximos quatro jogos, quando o Corinthians enfrentará adversários mais difíceis.
.
E DÁ-LHE FLUZÃO!
.
E FORA TRAFFIC!

6 comentários:

dinho machado disse...

Seu Hélio, não se se compartilha o mesmo sentimento que eu, mas algo está errado no preparo físico dos atletas tricolores. Parece que se machucam com grande facilidade, estiramentos e contraturas frequentes. O que fazer? Outra questão: porque não trazer os Thiagos de volta (Silva e Neves)? Eles já ganharam bastante dinheiro e já podem voltar para o Rio.

dinho machado disse...

É... este empate teve sabor de derrota: é sempre assim, o Flu vinha bem, entrou o Deco e desmanchou o esquema. Machucaram-se peças-chave do time e babau. Pensei que íamos enfrentar o mengo por cima da carne seca este ano e ganhar de goleada, mas estamos em decadência. E pior: ressucitamos cachorro morto. Que pena, mas com esta zaga e estes goleiros, não seremos campeões. Ainda não em 2010...

Helio R.L. disse...

Calma Dinho,

Ainda vai dar. É verdade que esse departamento médico é seguramente o pior dentre os clubes que almejam o título e o que é mais preocupante é que isso vem de longe.

Quanto à zaga, não esqueça que, além do Thiago Silva, perdemos o Dalton e o Digão, que eram os caras que seguravam a ruindade do Gum.

Com a volta de Fred, Emerson, Diguinho e o ainda contestado Deco, o time voltará a embalar.

Quanto ao retorno dos Thiagos não vejo chance pelos vínculos que têm com seus clubes. Talvez fosse mais fácil repatriar o Cícero, baita volante, mas que não foi muito valorizado pela torcida e dirigentes tricolores.

Saudações Tricolores.

PS. Volte sempre, mas da próxima vez deixe o "Seu" prá lá.

Marcio Cardoso disse...

Hélio e Pedro,

assisti ao jogo em inglês pelo Gol TV, canal exótico por estas bandas, que passa nos fins-de-semana jogos do campeonato brasileiro, uruguaio (!) e colombiano (!!) ao vivo, no meio-de-semana replays de jogos das ligas européias. O comentarista não se cansava de dizer que este jogo era the "the Rio derby", rivalidade mais tradicional do futebol brasileiro, jogo entre o atual campeão e o candidato ao título... e com o placar de 3x3 foi aquele papo de jogo eletrizante e "o melhor do futebol das Américas". Bem, o jogo foi emocionante mesmo, mas para nós tricolores pelas razões erradas... jogando contra um time medíocre, complicamos a partida e perdemos 2 pontos valiosos. O primeiro gol que levamos foi inaceitável... eu não consegui entender como a zaga estava tão mal colocada, tive que rever o lance várias vezes para me convencer que realmente foi tão ridículo como eu vi pela primeira vez.

O time tem espírito de luta, não se pode negar, e os gols do Rodriguinho me fizeram lembrar do Rogerinho em 1995, lembra-se? Aí eu pensei, lá vem mais um 4 x3. Mas tá rolando uma maré de azar também... Aquele gol do Flamengo de falta teve méritos, mas quando é que o cara vai acertar uma daquelas de novo? ainda mais vindo 1 minuto depois do nosso suado empate... assim fica difícil!

Pois bem, agora é vencer ou vencer o Galo e o Avai, segurar um empate lá na Barradão e aí é a pressão no Corinthians para ganhar os pontos dele... eles já vão pegar o Santos na Vila Belmiro, chance de ouro para o Flu terminar a próxima rodada como líder.

Saudações tricolores

Tricolor! disse...

É por essas e outras que eu adoro as entrevistas com o Muricy. Recado mais claro, impossível:

"O Conca é um jogador diferente, nunca se entrega, nunca dói nada, nunca está no departamento médico, nunca pede nada demais, sempre treina mais. O custo-benefício dele é altíssimo. Jogador de futebol é igual ao avião e tem que estar voando, parado dá prejuízo."


Muricy pra dirigente!

Anônimo disse...

Pessoal achei o blog do jogador Rodriguinho

http://www.rodriguinho.net

Bem legal