domingo, 12 de setembro de 2010

Atlético Goianiense 2 x 1 Fluminense. Outra bobeada no final!

Não adianta chiar Muricy, uma vez mais o castigo veio pela insistência com Belletti.

Mais uma vez o Fluminense deixou escapar três pontos fáceis, inúmeras foram as chances perdidas. Um pouco menos de ansiedade e o jogo poderia ter sido resolvido ainda na primeira etapa.

Mesmo empatando o Fluminense via a distância para o Corinthians aumentar, pelo menos até Muricy uma vez mais usar da "poção mágica para tomar gol" e promover a entrada de Belletti.
.
Como já havia acontecido em jogos anteriores, Belletti não só perdeu de forma bisonha a jogada que originou o contra- ataque mortal dos goianos, como também não teve forças para correr e tentar pelo menos atrapalhar o arremate de Juninho, retornando para a defesa em ritmo de trote.

Não se trata de fazer carga contra o atleta, mas o fato é que ele não reúne as mínimas condições físicas para entrar em partidas da primeira divisão do campeonato brasileiro. Nitidamente fora de ritmo irá necessitar de uma sequência de jogos para poder vir a ser útil.
.
O fato preocupante é que não dá para promover essa recuperação em jogos difíceis como do atual campeonato, afinal de contas já são 5 (cinco) os pontos perdidos pela equipe por falhas individuais do Belletti. Além do de ontem, os outros quatro aconteceram nos jogos contra o Botafogo, cujo gol de empate foi obtido numa falha bastante semelhante à ocorrida no Serra Dourada e São Paulo em que uma falta boba e completamente desnecessária na entrada da área propiciou o gol de Rogério Ceni.

Muricy deve estar com a consciência pesada por ter avalizado a sua contratação, mas cada vez que colocá-lo em campo nessas condições correrá grandes riscos de tomar gols bizarros.

A questão que vem à mente dos tricolores é de que adianta abrir mão de valores promissores como Maicon e Alan para garantir a permanência do Conca, fazer contratações milionárias como a de Fred, Emerson e Deco, se na hora H teremos que ver o Belletti entregar o ouro?

Para entregar o ouro já temos o Fernando Henrique e basta.

Aliás, ridícula a discussão entre ele e Rafael, cada um se julgando melhor do que o outro. A origem da desavença é a vaidade de cada um, incapazes de reconhecer as falhas corriqueiras que cometem.

Se FH falhou contra São Paulo e Guarani, Rafael também já havia falhado de forma idêntica nos jogos contra o Corinthians e Botafogo, esse no campeonato estadual, quando o time perdeu de virada depois de dois frangos indesculpáveis.

No fim mesmo a culpa é dos dirigentes, que não tiveram a capacidade de contratar um goleiro à altura da equipe.
.
Ao final da partida, apesar de mostrar uma visível irritação, Muricy evitou críticas ao elenco, declarando que o Fluminense pagou pela sua postura ofensiva dos minutos finais. “Nosso time procura o ataque durante todo o tempo, por isso leva alguns gols”, declarou.

É caro Muricy, realmente atacamos o tempo todo, mais uma forte razão para manter o Belletti fora do time, sob pena de perdermos um campeonato que se desenha à feição do Fluminense.

Apesar das recentes mancadas em escalações e principalmente nas substituições, Muricy é o cara. Creio que ainda não teve tempo de conhecer todas as facetas do elenco. Espero que em breve ele vislumbre a virtude de alguns relegados a segundo plano, como por exemplo, o Tartá, que com uma pequena sequência poderá vir a ser mais efetivo que o Marquinho.

No jogo de ontem, após a expulsão, talvez a entrada de um driblador como o Wellington Silva fosse mais eficaz do que a mesmice de sempre.

Agora não adianta mais chorar o leite derramado, mas a vitória sobre o Corinthians na próxima rodada passou a ser mandatária.

Torcida Tricolor, temos que lotar o Engenhão para evitar que a paulistada o faça. Time por time, o nosso é melhor, técnico por técnico, o nosso é melhor, torcida por torcida, a nossa é melhor, mas precisamos provar tudo isso na quarta-feira. NÃO FALTE. Até lá.

E DÁ-LHE FLUZÃO, CAMPEÃO!
.
(crédito da foto: espn.com.br)

3 comentários:

Ricardo Florêncio dos Passos disse...

Agora é lotar o Engenhão para não acontecer como o Palmeiras em 2008 (e depois contratar um goleiro decente). Vamos Flu!

Marcio Cardoso disse...

Alô Hélio e Pedro,

que fim de semana! Estava assistindo ao Corinthians x Gremio no canal a cabo americano, que por alguma razão não informava do jogo do Flu - eu achava até que nosso jogo era no domingo. Pois é, vibrei com a surpreendente vitória dos comandados do Renato e aí depois fui saber que o Flu já tinha perdido! Então conta aí, já são 3 pontos perdidos depois dos 45minutos (2 contra Palmeiras e 1 neste último jogo) nas últimas 4 rodadas. Quer dizer, estamos dando mole e complicando e muito um torneio que é a chance de ouro. Frustrante!

Agora, parece que Conca e Deco estão fazendo um bom meio-campo na parte de criação, mas a equipe não está muito frágil na defesa não? Uma das lições destes últimos jogos é que o Flu tem que marcar mais de um gol por partida se quiser 3 pontos porque este sistema defensivo está frágil... e esta rivalidade imbecil entre os dois goleiros ainda pode pesar no ambiente do clube.

Bem, uma vitória contra o Corintians tem potencial para mudar tudo para melhor... secando a Raposa e o Botafogo também!

Saudações tricolores!

Pedro L. disse...

Ainda não engoli a derrota de sabado passado e muito menos o empate contra o Palmeiras. Não sei o que anda acontecendo com o Flu nos últimos minutos das partidas. Trata-se de um verdadeiro apagão.

Isto já tinha acontecido também em outros jogos (ex: Flamengo e o Gremio), mas como o Flu estava ganhando com um gol a mais de vantagem, o gol sofrido nos acréscimos caiu no esquecimento.

Conta o Palmeiras, podemos acusar o Muricy ter colocado um 3o zagueiro no campo no final da partida, atraindo o Palmeiras para o ataque.

Agora contra o Atlético-GO, podemos culpar pela inclusão do Beletti.

Podemos culpar tambem a falta de sorte no último jogo, (pois foram 2 bolas na trave no 1o tempo, mas não adianta mais chorar o leite derramado.

Mas de qualquer forma, tudo isto são desculpas. Flu tem q fazer a parte dele! A nossa defesa (zaga + meio de campo) está perdendo a concentração no final de quase todas as partidas.

O fato é q p o Flu é o time a ser batido no campeonato. Todos se motivam para jogar contra o líder.
Temos que nos acostumar com isto.

Bem, a gordura se foi. Bola para frente...
Vamos ganhar do Corinthians na 4a e do Flamengo domingo para voltar a disparar na ponta.

Saudações Triclores!