sábado, 28 de novembro de 2009

5 x 0 ! É possível, por que não?

.
Passado o estado catatônico em que me encontrava após a debacle em Quito, cheguei à conclusão que a guerra ainda não acabou.
.
Afinal a equipe da LDU não é nenhuma seleção imbatível. É apenas um bom time, treinado para aproveitar as condições favoráveis da altitude e do cansaço dos adversários que enfrenta sempre em meio a outras competições.
.
Seu plantel é formado por jogadores médios, nenhum craque consagrado. Mendez, sua maior estrela, acabou de voltar da Europa, numa passagem sem muito brilho. O que eles sabem fazer bem é aproveitar essas a vantagens e dão show em termos de correria, cruzamentos sobre a área e principalmente chutes precisos de média e longa distância. Estão longe de constituir um time de craques, porque se tivessem jogadores diferenciados, a seleção equatoriana não teria sido eliminada dentro de casa pela fraca equipe do Uruguai.
.
Essa, aliás, é a única fórmula que tem e a razão de seu sucesso deve-se em muito ao fato dos adversários não atentarem para esse detalhe. Quem assistiu ao tape do jogo com o River pôde constatar a veracidade dessa afirmação. Pena que os nossos guerreiros tricolores não acreditaram que a coisa poderia se repetir e deram todo o espaço do mundo para que eles chutassem livremente.
.
A LDU quando joga fora de casa perde mais do que ganha. Ano passado, no Maracanã, perdeu duas vezes e só conseguiu ser campeã graças às maquinações do safado escalado para apitar a final e ao fator Ygor, de triste lembrança.
.
Quem observou o jogo com calma pode constatar que, à exceção do argentino Bieler, nenhum outro sabe driblar. A defesa é fraca e bate cabeça quando é atacada, como na jogada do gol do Marquinho.
.
A fórmula então é partir para cima dos caras desde o início, porque ao nível do mar aqueles chutes traiçoeiros não deverão existir. O problema é o desgaste do Fluminense, pois são poucos os jogadores inscritos disponíveis para jogar.
.
Como dito no post anterior, o Cuca terá que fazer uma reengenharia na equipe para o jogo com o Vitória. Quase certo que Diguinho, Mariano, Conca e talvez Fred não aguentem os noventa minutos, por isso o aproveitamento de Tartá, Gonzales ou Urrutia em pelo menos meio tempo será necessário.
.
O resto é ir com fé que pode ser que ainda dê. A TORCIDA ESTARÁ PRESENTE PARA APOIAR.
.
.
E DÁ-LHE FLUZÃO!
.

4 comentários:

Blog do Vascão disse...

Impossível não é, mas temos que reconhecer que o elenco do fluminense esta cançado, fim de temporada, batalhou em duas frentes, acredito que sai do rebaixamento, acredito que ganha da LDU mas não sei se consegue colocar 4 ou 5 gols de diferença.

Abraço
Jeferson

Tricolor! disse...

Sinceramente, acho que já era.
Mas é uma pena; esse time merecia e muito a consagração internacional.

Indigesto vai ser ver esses equatorianos levantando outra taça no Maracanã, às nossas custas.

Isso é que vai ser dose pra mamute.

André Carvalho disse...

Achei que não dava mais enquanto estive no mesmo estado catatônico que o seu.
Dez, doze horas depois e o impossível ficou "apenas" muito difícil. Se fizemos 3 gols no Cruzeiro em 1 tempo porque não 4 gols em 2 tempos em um adversário muito mais fraco??
Vamos virar isso. Abço.

PCFilho disse...

Vamos virar. O título será nosso.