sábado, 14 de fevereiro de 2015

Boavista 0 x 3 Fluminense. Quem segura?

Lucas Gomes mostrou habilidade ao arrematar de primeira
mesmo acossado pelo adversário. (foto: Wagner Meier / LANCE!Press)

Durante todo o jogo, apenas em dois lances, frutos de vaciladas do sistema defensivo, o Boavista ameaçou o gol de Cavalieri.

No resto só deu Fluzão, mesmo sob o sol implacável das tardes cariocas.

Creio que já passou da hora dos clubes reagirem a essas arbitrariedades do presidente tirano da FERJ que define os destinos do futebol carioca a seu bel prazer sem preocupação alguma sobre as consequências para os atletas e torcedores.

E o mais acintoso é que nesse caso nem a desculpa da televisão poderia ser aventada porque o jogo só foi transmitido pelo PPV.

Mantenho a esperança que para o próximo ano as presidências da dupla Fla-Flu deixem essa corja e seu campeonato falido de lado e procurem alternativa de maior rentabilidade.

Voltando ao jogo, vimos um primeiro tempo sem brilho com destaque apenas para o lance do gol de Lucas Gomes, depois de roubada de bola e passe preciso de Robert.

No mais a estrela foi o calor causticante que perturbou não só as duas equipes como também os três mil e seiscentos torcedores presentes.

O segundo gol obtido logo no início do segundo tempo deu a tranquilidade necessária para que o Fluminense dominasse a partida e a rigor o adversário teve apenas uma única oportunidade com Anselmo, que sozinho chutou por cima do travessão.

Rafinha substituiu a Robert contundido e jogando mais avançado que o de costume não comprometeu.

Aos poucos o time vai se acertando apesar da fragilidade dos adversários vencidos até aqui não ser parâmetro confiável.

Mesmo assim algumas conclusões começam a se evidenciar, como a fragilidade dos zagueiros que jogaram as partidas iniciais e a necessidade de mais treinamento para Marlone, hoje ainda longe de apresentar atuações que garantam sua titularidade.

A volta de Gum, Marlon, Kenedy e Gerson qualificará o elenco ainda mais e dará a Cristóvão a oportunidade de mostrar que também sabe trabalhar com jovens da base.

Que assim seja e DÁ-LHE FLUZÃO!  


DETALHES:

CAMPEONATO CARIOCA – 4ª RODADA

Boavista 0 x 3 Fluminense

Local: Saquarema (RJ); Data: 12/02/2014
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Corrêa (RJ) e Lillian Fernandes Bruno (RJ)
Gols: Lucas Gomes, aos 28’ do primeiro tempo; Fred, aos 7' e Jean, aos 45' do segundo.
Cartão amarelo: Jean

Boavista: Dida, Thiaguinho, Edmário (Cristiano, Intervalo), Bruno Costa e Jeff Silva; Fabio Azevedo, Thiago Paiva, Victor Faísca (Max Pardalzinho, 3'/2ºT) e Francismar; Erick Flores e Anselmo (Edu, 37’/2º T). Técnico: Roy.

Fluminense: Cavalieri, Wellington Silva, Henrique, Guilherme Mattis e Giovanni; Edson, Jean, Marlone (Walter, 35’/2ºT e Robert (Vinícius, 8'/2ºT); Lucas Gomes (Rafinha, 18’/2ºT)  e Fred. Técnico: Critovão Borges. 

Um comentário: